Arquivo da tag: Prefeitura de São Paulo

Rede Nossa São Paulo faz balanço das metas da prefeitura paulistana

A Rede Nossa São Paulo divulgou hoje o balanço das 123 metas da Prefeitura de São Paulo. A capital paulista é uma das 48 cidades brasileiras que têm o Plano de Metas como lei.* Outras seis cidades latino-americanas também têm a lei das metas aprovada.

O balanço cobre o período de 2013 a 2016 – o que representa mais de 90% do mandato do atual prefeito, Fernando Haddad. As metas estão divididas em 20 objetivos, que vão do desenvolvimento social, educação, saúde e esporte até lazer e população idosa. De todas as metas estabelecidas pela administração municipal, 19 foram superadas e 42, cumpridas. Ou seja, das 123 metas, 61 foram cumpridas. A prefeitura diz que até dezembro, quando encerra a atual administração, 74 metas terão sido atingidas. Conheça aqui o balanço apresentado hoje.

A Rede Nossa São Paulo também divulgou uma versão atualizada do Mapa da Desigualdade da Cidade. Com 40 indicadores, o mapa compara a realidade dos 96 distritos da cidade de São Paulo.

Para fazer o mapa, são comparados o pior e o melhor distrito em cada tema avaliado. O resultado é chamado de “desigualtômetro”. A quantidade de livros infanto-juvenis disponíveis na Consolação, por exemplo, é de 5,27 por habitante na faixa etária de 7 a 14 anos, enquanto no Campão Redondo esse número cai para 0,002. O que resulta numa diferença de 2.734,53 x no “desigualtômetro”. Não são levados em conta os distritos em que o índice é zero (por exemplo, dos 96 distritos da cidade, 36 deles não têm nenhum livro infanto-juvenil disponível em bibliotecas).

Para o coordenador geral da Rede Nossa São Paulo, Oded Grajew, “a desigualdade é a origem de vários problemas das cidades”. Em ano de eleições, a discussão é muito bem-vinda.

* Por uma iniciativa da Rede Nossa São Paulo, a capital paulista foi a primeira cidade do Brasil a aprovar uma emenda para obrigar os prefeitos a apresentarem um programa de metas quantitativas e qualitativas para cada área da administração municipal. Apresentada ao Legislativo Paulistano em agosto de 2007 e aprovada em fevereiro de 2008, a Lei do Plano de Metas de São Paulo determina que todo prefeito, eleito ou reeleito, apresentará o Programa de Metas de sua gestão em até noventa dias após sua posse.