Arquivo da tag: cidades e territórios

Rodrigo Agostinho assume gerência-executiva de Cidades e Territórios

Rodrigo Agostinho é o novo gerente-executivo do programa Cidades e Territórios. Desde o começo de fevereiro, o ambientalista e ex-prefeito de Bauru (2009/2012 e 2013/2016) integra a equipe no escritório de São Paulo.

Formado em direito, Rodrigo construiu sua trajetória integrando a agenda de sustentabilidade e a gestão municipal. Foi vereador por dois mandatos (2001/2004 e 2005/2008) e eleito prefeito de Bauru aos 30 anos.

Rodrigo Agostinho, que integra a equipe do Arapyaú desde o começo de fevereiro

Rodrigo Agostinho, que integra a equipe do Arapyaú desde o começo de fevereiro

Damos as boas-vindas ao Rodrigo! E, ao mesmo tempo, agradecemos a dedicação de Alexandre Schneider, que atuou como gerente-executivo do programa Cidades e Territórios ao longo de 2016. Alexandre deixou Instituto Arapyaú no começo do ano para integrar, como secretário de Educação, a equipe do prefeito de São Paulo, João Doria.

Alexandre Schneider, que deixou o Instituto Arapyaú no começo deste ano

Cidades e Territórios, um projeto de articulação

Hoje, vamos contar um pouco de outro projeto que nasceu dentro do Arapyaú e agora é uma iniciativa que envolve várias organizações.

Cidades e Territórios 2.0

O Cidades e Territórios 2.0 é um projeto idealizado no Arapyaú e conta com outras sete organizações em sua criação. São elas: Larci, Minhas Cidades, Casa Fluminense, Fundação Avina, Rede Nossa São Paulo, Fórum Brasileiro de Segurança Pública e Arq.Futuro. Um dos objetivos desse grupo é construir um planejamento estratégico para cidades e territórios brasileiros capaz de articular e potencializar a atuação de pessoas de diferentes setores — público, privado, social e acadêmico — em prol de uma estratégica convergente e transformadora do Brasil.

Ao longo dos próximos quatro anos, o Cidades e Territórios vai fomentar núcleos de ação que servirão como modelo de experiências de colaboração inter-setorial, monitoramento dos planos de metas e mobilização política na sociedade, entre outros.

A iniciativa Cidades e Territórios 2.0 quer promover conexões entre organizações sociais já existentes e ligações delas com as políticas públicas para, assim, agir diretamente sobre cidades e territórios para a promoção da sustentabilidade.

Neste momento, o Ci.Te ainda não tem um formato acordado, por isso cabe à coordenadora instituída, Silmara Vieira, concentrar esforços para viabilizar o início do planejamento estratégico, reconhecer as potencialidades do grupo, construir a narrativa do projeto e definir papéis de cada instituição nesta etapa do processo.

Depois de várias reuniões realizadas no fim de 2014, decidiu-se pela contratação de duas consultorias para tocar o planejamento estratégico do CiTe: o Instituto Reos e Instituto Cidade Democrática. Silmara, Reos, ICD e as organizações parceiras vão traçar os rumos da iniciativa para os próximos anos.