Arquivo da tag: bahia

Oportunidade: contratação de consultoria para acompanhamento técnico de negócios

O Instituto Arapyaú, por meio do Projeto Nacional de Ações Integradas Público-Privadas para Biodiversidade (Probio II), em parceria com o Funbio e o Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF), está contratando uma consultoria, pessoa jurídica, para o acompanhamento técnico de negócios para a Associação Tabôa – Fortalecimento Comunitário.

A Tabôa atua no sul da Bahia, no distrito de Serra Grande, Uruçuca, com o objetivo de fortalecer comunidades por meio do encontro de atores sociais, acesso a conhecimentos e recursos financeiros, para que pessoas, negócios e organizações comunitárias expressem todo o seu potencial.

Os detalhes sobre objetivos, produtos a serem entregues, perfil do profissional e outras informações estão neste Termo de Referência – TDR_Acompanhamento Técnico de Negócios

Prazo para envio de propostas: 18 de abril de 2017

E-mail: erica.dias-ba@arapyau.org.br

O que enviar para seleção:
• Proposta financeira com prazo de validade, elencando os produtos a serem entregues (de acordo com o Termo de Referência);
• Currículo do consultor
• No assunto do e-mail, por favor, escrever “Oportunidade – Contratação de consultoria, pessoa jurídica, para o acompanhamento técnico de negócios para a Associação Tabôa – Fortalecimento Comunitário”.

Pré-candidatos do Território Litoral Sul da Bahia conhecem o Programa Cidades Sustentáveis

Começa nesta quarta-feira, dia 27, o ciclo de apresentações do Programa Cidades Sustentáveis (PCS) no Território Litoral Sul da Bahia. Até a próxima sexta, pré-candidatos ao legislativo e ao executivo em 16 municípios serão apresentados a uma agenda completa de sustentabilidade urbana e um conjunto de indicadores associados a esta agenda. As apresentações serão realizadas pela Rede Nossa São Paulo e Instituto Nossa Ilhéus e contam com o apoio do Instituto Arapyaú e a parceria da Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste Baiano (Amurc), do Consórcio Intermunicipal da Mata Atlântica, do Instituto Nossa Uruçuca e da Tabôa – Fortalecimento Comunitário.

O PCS tem, entre seus objetivos, a difusão de um modelo de gestão capaz de combinar as diretrizes político-partidárias do governante com mecanismos de atuação direta da sociedade nas decisões administrativas. Abertos à participação da sociedade civil, os encontros com pré-candidatos visam promover o entendimento sobre o Programa, para que os futuros gestores e legisladores possam adaptá-lo ao contexto do seu município, identificando ações que promovam a melhoria dos indicadores.

Outros dez municípios serão apresentados ao PCS antes do dia 05 de setembro, quando  será realizado o  evento “Território Litoral Sul MAIS Sustentável”, que irá reunir todos os pré-candidatos ao legislativo e ao executivo do Território Litoral Sul para assinar uma carta-compromisso, na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). A carta é um documento de adesão ao Programa, por meio do qual o pré-candidato se compromete, caso seja eleito, a adotar as diretrizes dos 12 eixos do Programa – alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas – como norteadores de sua atuação.

PROGRAMAÇÃO

Quarta-feira, 27 de julho | 13h | Câmara Municipal de Santa Luzia, com presença de pré-candidatos dos municípios de Canavieiras, Una, Santa Luzia, Camacã, Pau Brasil, Arataca, Jussari, São José da Vitória, Itaju do Colônia e Buerarema

Quinta-feira, 28 de julho | 15h | Academia de Letras de Ilhéus, com presença de pré-candidatos de Ilhéus

Quinta-feira, 28 de julho | 19h | Câmara de Vereadores de Ubaitaba, com presença de pré-candidatos de Ubaitaba e Aurelino Leal

Sexta-feira, 29 de julho | 9h | Centro Catequético Frei Eduardo (Uruçuca), com presença de pré-candidatos de Uruçuca

Sexta-feira, 29 de julho | 16h | Casa Azul (distrito de Serra Grande), com presença de pré-candidatos de Uruçuca, Itacaré e Maraú

Oportunidade – Tabôa Fortalecimento Comunitário

O Instituto Arapyaú, por meio do Projeto Nacional de Ações Integradas Público-Privadas para Biodiversidade (Probio II), em parceria com o Funbio e o Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF), contrata pessoa jurídica para consultoria em microcrédito e planejamento estratégico para a Tabôa Fortalecimento Comunitário.

A Tabôa Fortalecimento Comunitário visa consolidar-se como um mecanismo financeiro para a promoção do desenvolvimento sustentável no sul da Bahia, por meio do fomento ao empreendedorismo e ações sociais, culturais e ambientais. Destaca-se a necessidade de governança comunitária para promover o empoderamento da comunidade e conferir legitimidade ao direcionamento dos recursos.

A consultoria irá apoiar na organização na elaboração do planejamento estratégico para 2016 e também desenvolver modelo financeiro de análise de microcrédito para novos negócios. O detalhamento sobre produtos a serem entregues, prazos, perfil desejado dos profissionais e demais informações estão disponíveis neste Termo de Referência: TdR_Fundo_18_11_2015.

Os interessados devem enviar aos cuidados de Juliano Mendonça (juliano@arapyau.org.br). Em razão das diversas dúvidas que surgiram por parte das empresas interessadas quanto ao escopo e dimensionamento do esforço necessário para a realização das atividades previstas, estamos publicando um TDR mais detalhado e ampliando o prazo para envio de propostas. Os interessados terão até 26/11 para encaminhar as seguintes informações:

  • Proposta financeira com prazo de validade, elencando os produtos a serem entregues (de acordo com o Termo de Referência)
  • Currículo dos Consultores
  • Atestado de capacidade técnica

No assunto do email, por favor, escrever “Oportunidade – Consultoria para Tabôa”.

Oportunidade – Turismo de base comunitária

O Instituto Arapyaú, por meio do Projeto Nacional de Ações Integradas Público-Privadas para Biodiversidade (Probio II), em parceria com o Funbio e o Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF), contrata consultoria pessoa jurídica para articular a criação de uma rede de turismo de base comunitária na região de Serra Grande, Uruçuca (BA), e seu entorno, através do Instituto Floresta Viva.

O turismo movimentou R$ 492 bilhões no Brasil no ano passado, entre atividades diretas, indiretas e induzidas, de acordo com novos dados divulgados pelo Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC). Tal montante representa 9,6% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional e é uma das atividades que mais vem apresentando crescimento nos últimos tempos. No entanto, esse crescimento econômico não tem necessariamente trazido mais qualidade de vida e oportunidades para todos os envolvidos – principalmente para aqueles mais vulneráveis, da base da pirâmide. Caso seja realizado com o cuidado que merece, o turismo é uma das atividades com maior potencial para se gerar um desenvolvimento sustentável para uma região.

Nesse contexto o IFV busca fortalecer uma rede de articulação e fomento ao eco-turismo de base comunitária (TBC) em Serra Grande, na Bahia. Esta proposta busca atrair um turismo consciente  para Serra Grande e seu entorno. Um turismo que atraia mais recursos financeiros, mas que, de forma diferenciada ao turismo convencional, o faça de forma a valorizar a cultura, gastronomia, beleza e diversidade dos nossos ecossistemas, durante o ano inteiro e não apenas na alta temporada.

As principais atividades a serem realizadas pela empresa selecionada são:

  • Facilitar a estruturação da rede de TBC de Serra Grande, articulando seu planejamento estratégico, e buscando formas de se colocar em prática as ações previstas, sempre que aplicável
  • Contribuir para a estruturação de roteiros e produtos de TBC em Serra Grande
  • Identificar os recursos disponíveis na comunidade para o fortalecimento do TBC em Serra Grande
  • Supervisionar e contribuir para o desenvolvimento de materiais de comunicação para a rede de turismo de base comunitária de Serra Grande e entorno
  • Produzir conteúdos de qualidade, por meio de estudos e pesquisas, que posicione Serra Grande e seu entorno como um destino de turismo de base comunitária

Os interessados devem enviar aos cuidados de Juliano Mendonça (juliano@arapyau.org.br) e Ricardo Gomes (ricardo.gomes@arapyau.org.br) – até o dia 9/10/2015  com as seguintes informações:

  • Proposta financeira com prazo de validade, elencando os produtos a serem entregues (de acordo com o termo de referência em anexo) e histórico de atuação da empresa
  • Currículo dos profissionais que a compõem a empresa
  • Atestado de capacidade técnica
  • No assunto do email, por favor, escrever “Oportunidade – Turismo”

O detalhamento sobre produtos a serem entregues, prazos, perfil desejado dos profissionais e demais informações estão disponíveis nesse Termo de Referência (clique aqui).

Procura-se: Design Gráfico para Fundo Comunitário

O Instituto Arapyaú, por meio do Projeto Nacional de Ações Integradas Público-Privadas para Biodiversidade (Probio II), em parceria com o Funbio e o Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF), procura consultoria pessoa jurídica para elaboração de serviços de design gráfico, editoração, diagramação e arte-finalização para o parceiro Tabôa – Fortalecimento Comunitário.

A Tabôa é uma associação comunitária criada para fomentar iniciativas de base comunitária e empreendimentos socieconômicos, valorizando a cultura local, a diversidade e contribuindo para a geração de prosperidade e qualidade de vida. Fundada em novembro de 2014, iniciou sua atuação no Sul da Bahia pelo distrito de Serra Grande, Uruçuca, Bahia. Oferece cursos, capacitações e assessorias a empreendedores e associações, microcrédito produtivo orientado para negócios e financiamento de projetos sociais.

A empresa selecionada deverá realizar as seguintes atividades:

  • Diagramação de relatório de atividades
  • Relatório Anual de Atividades
  • Peças de comunicação

Os interessados devem escrever para Juliano Mendonça (juliano@arapyau.org.br), em até 7 dias a partir de hoje (02/09/2015), e enviar as seguintes informações:

  • Proposta financeira com prazo de validade, elencando os produtos a serem entregues (de acordo com o Termo de referência em anexo) e histórico de atuação da empresa;
  • Currículo dos profissionais que a compõem a empresa;
  • Atestado de capacidade técnica.
  • No assunto do email, por favor, escrever “Oportunidade – Design Tabôa”.

O detalhamento sobre produtos a serem entregues, prazos, perfil desejado dos profissionais e demais informações estão disponíveis nesse Termo de Referência.

 

Acompanhe nosso webcast nesta quarta

webcast_ com dados3

Nesta quarta-feira (19/8), faremos nosso segundo webcast do ano. Da primeira vez, nós conversamos um pouco sobre quem é o Arapyaú e nossa estratégia de atuação. Dessa vez, a ideia é apresentarmos o trabalho do instituto na Bahia e contar, brevemente, nossa história na região.
Guarde um horinha na sua agenda. Quarta, às 10h30.

Instruções de uso:

1. Ligue para um dos números de acesso disponíveis
2. Ao se conectar, digite *0 para identificar a sua audioconferência
3. Após ser conectado, aguarde até o inicío da audioconferência.

Principais números de acesso:
São Paulo Capital
11-3301-3000 | 11- 3728-5800

Demais Cidades
4003-9004 | 4007-1357

Nacional
0800-606-1357 | 0800-880-9395

Ligações originadas no exterior
+55 11-4003-9004

URL para acompanhar pela internet:http://extranet.voitel.com.br/audiocasting/Audiocasting_Acesso.aspx?Pag=Participante&NameRoom=N24022126

OPORTUNIDADE DE ESTÁGIO ADMINISTRATIVO – PROGRAMA BAHIA

Esta é para quem é estudante na Bahia: Estagiário do Programa Bahia.

Principais atribuições:

  • Auxiliar nas atividades operacionais e administrativas da sede do Arapyaú na Bahia.
  • Recepcionar parceiros e membros da comunidade interessados nas atividades do Arapyaú, explicando as linhas de atuação e projetos apoiados pelo Instituto.
  • Desenvolver pesquisas nos temas de interesse do Arapyaú no Sul da Bahia.
  • Relacionamento com fornecedores
  • Realizar de cotações de preço
  • Pagamento de contas
  • Elaborar planilhas financeiras

Requisitos

  • Estar cursando graduação em administração, economia ou áreas afins. É desejável que  estudante já tenha concluído os primeiros dois anos do curso de graduação.
  • Boa redação e domínio da língua Portuguesa e Inglesa
  • Facilidade de comunicação oral e escrita, com públicos internos e externos
  • Raciocínio analítico
  • Iniciativa, senso de responsabilidade e capacidade de tomar decisões
  • Facilidade para trabalhar em equipe
  • Domínio do pacote Office
  • Interesse pela área socioambiental
  • Comprometimento e motivação
  • Capacidade para definição de problemas e proposição de soluções.
  • Residir em Uruçuca, Ilhéus ou Itacaré

Condições de trabalho:

  • Local: Distrito de Serra Grande, em Uruçuca – BA
  • O Arapyaú oferece Auxílio Estágio compatível com o mercado, auxílio-transporte, vale alimentação e seguro de vida.
  • Jornada de estágio de 6 horas diárias: 8h30 às 15h30, com uma hora de almoço

Processo de seleção:

  • Os interessados deverão enviar curriculum vitae e carta de apresentação para o e-mail amandacs@fieb.org.br até 25/08.
  • Após análise dos documentos enviados, os candidatos selecionados serão convidados a participar de uma entrevista individual.

Aos interessados, boa sorte!

Oportunidade Bahia – Site da Escola da Floresta

TdR-Website-Floresta-VivaO Instituto Arapyaú, por meio do Projeto Nacional de Ações Integradas Público-Privadas para Biodiversidade (Probio II), em parceria com o Funbio e o Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF), contrata consultoria pessoa jurídica para elaboração da identidade visual e criação de um novo website para o parceiro Instituto Floresta Viva, com um extra-módulo para o projeto Escola da Floresta.

A Escola da Floresta é um projeto que visa a formação de lideranças e agentes de transformação, tendo como base a cultura e o capital natural da região sul baiana.

A empresa selecionada deverá realizar as seguintes atividades:

  • Desenvolver a identidade visual e o manual de uso da marca da Escola da Floresta
  • Criar um novo site para o Instituto Floresta Viva e um extra módulo da Escola da Floresta
  • Realizar oficinas de capacitação de administração de conteúdos para a equipe da Escola da Floresta responsável pela atualização do site.

Os interessados devem enviar aos cuidados de Juliano Mendonça (juliano@arapyau.org.br) – até o dia 3/9/2015 – com as seguintes informações:

  • Proposta financeira com prazo de validade, elencando os produtos a serem entregues (de acordo com Termo de Referência em anexo) e histórico de atuação da empresa;
  • Currículo dos profissionais que a compõem a empresa;
  • Atestado de capacidade técnica.
  • No assunto do email, por favor, escrever “Oportunidade – Site Escola da Floresta”.

O detalhamento sobre produtos a serem entregues, prazos, perfil desejado dos profissionais e demais informações estão disponíveis nesse Termo de Referência (TRD Website Floresta Viva (TRD Website Floresta Viva).

Vaga – Associação Cacau Sul Bahia

As atividades desenvolvidas pela empresa prestadora de serviços serão as seguintes:
Mais uma para quem quer trabalhar na Bahia. A Associação Cacau Sul Bahia precisa de um profissional (pessoa jurídica) para elaboração de Manual Técnico sobre o Regulamento de Uso da Indicação de Procedência – Cacau Sul Bahia. O objetivo é a elaboração de peças de comunicação que irão ajudar na capacitação de produtores de cacau, sobre o uso da Identidade Geográfica do cacau (IG) na área de qualidade.
As atividades desenvolvidas pela empresa prestadora de serviços serão as seguintes:
  • Elaborar material didático sobre o Regulamento de Uso da IG cacau Sul Bahia;
  • Elaborar material didático sobre o passo a passo do processo de beneficiamento cacau de qualidade superior;
  • Elaborar material didático sobre avaliação da qualidade das amêndoas de cacau.
Os interessados devem enviar – no prazo de dez dias a partir de hoje (22/7/2015) as seguintes informações:
  • Proposta financeira com prazo de validade, elencando os produtos a serem entregues com um prazo determinado e histórico de atuação da empresa;
  • Currículo dos profissionais que a compõem a empresa;
  • Atestado de capacidade técnica.

No assunto do email, por favor, escrever “Vaga Manual Técnico Cacau”. aos cuidados de Juliano Mendonça (juliano@arapyau.org.br).

Para mais informações, acessar este link.

Conheça o Mecenas da Vida, um projeto ambiental incrível na Bahia

alinhavando-sonhos

O Movimento Mecenas da Vida nasceu em 2007 do sonho de cinco pessoas que trabalhavam com proteção ambiental em Itacaré e em Serra Grande, na Bahia. Esse grupo estava preocupado com a pouco responsabilidade socioambiental que a atividade turística no Brasil geralmente é praticada.

agricultores

Infelizmente, as viagens também geram impactos negativos aos destinos turísticos, comprometendo a qualidade e colocando em risco a sustentabilidade da atividade nestes lugares. Sem os cuidados necessários, os impactos negativos tornam-se inevitáveis e ameaçadores.

Para reverter esse quadro e transformar a atividade turística num vetor de conservação ambiental e de desenvolvimento socioeconômico das populações tradicionais, em 2009 o Movimento Mecenas da Vida iniciou a execução do Programa Turismo CO2 Legal.

O Turismo CO2 Legal tem como objetivo:

  1. conservar as florestas, a biodiversidade e as paisagens da região
  2. promover a inclusão socioeconômica e a melhoria da qualidade de vida dos agricultores tradicionais locais
  3. reduzir e compensar as emissões de gases de efeito estufa na região
  4. implantar na cadeia produtiva do turismo local a prática de responsabilidade socioambiental
  5. diferenciar e valorizar o destino turístico
  6. democratizar a conservação ambiental

A ideia do Turismo CO2 Legal é fazer a compensação das emissões de CO2 durante as viagens. O site do Mecenas da Vida tem uma calculadora que faz uma relação entre a distância percorrida e o modo de transporte e resulta em um valor que é destinado a agricultores tradicionais que vivem na região. Em breve, um aplicativo também estará disponível para fazer essa conta.

divulgação do projeto na praça

 

Ao ser envolvido no programa Turismo CO2 Legal o agricultor passa a receber a Bolsa Conservação e assume compromissos socioambientais abaixo:

  1. conservar os remanescentes florestais de sua propriedade
  2. reflorestar as áreas desmatadas da propriedade
  3. adotar práticas agrícolas conservacionistas
  4. não podem caçar e nem utilizar fogo para limpeza das roças
  5. matricular os filhos na escola e preservá-los do trabalho pesado da roça
  6. participar das capacitações oferecidas semanalmente pelo programa

Com isso, agricultores que antes viviam em condições precárias, em situação de vulnerabilidade e desmatando as áreas de florestas de suas propriedades para sobreviverem, agora, por meio da cultura de subsistência, são transformados em protagonistas da conservação ambiental, assumindo o papel de “guardiões da natureza”.

salvador ribeiro

Salvador Ribeiro é um dos homens à frente desse projeto. Engenheiro florestal, chegou na Bahia em 1998 e carregava consigo a vontade de trabalhar com inclusão social e achava que seu destino final era a Amazônia, mas quando uma amiga entregou-lhe um folheta da APA – Itacaré, e aí decidiu ficar. Salvador começou a coordenar um projeto com o Instituto de Estudos Socioambientais do Sul da Bahia que, em 2003, virou o Floresta Viva. Conversamos com ele para saber mais sobre o Movimento Mecenas da Vida. Acompanhe:

– O nome Mecenas da Vida significa o quê?

A ideia do nome Mecenas da Vida é que é preciso encontrar pessoas com dinheiro e consciência para financiar os projetos. São pessoas com essa consciência, aportando recursos para o trabalho acontecer.  Animais e meio-ambiente precisam de mecenato para sobreviver.

– Existe alguma vantagem financeira para quem adere ao programa CO2 Legal?

O turista que opta pela compensação ganha um cartão fidelidade no qual ele tem descontos em cerca de 160 estabelecimentos. Ou seja, ele gasta um dinheiro que vai ser aplicado na preservação socioambiental da região e ganha descontos durante sua estadia no local.

– Existe uma maneira de fazermos esse cálculo de gasto de CO2 em outras áreas que não sejam as viagens?

Estamos trabalhando em uma calculadora em formato de aplicativo e aí qualquer pessoa vai poder saber qual é a sua “pegada” e escolher como fazer sua compensação.

Para saber mais sobre o Movimento Mecenas da Vida, que tem o apoio do Arapyaú, acompanhe  o site deles e a página no Facebook.

agricultores

 

*ATUALIZAÇÃO*

Há um link para calcular a própria “pegada”, enquanto o app não fica pronto:  http://www.mecenasdavida.org.br/calculator/form_calculo2.php