Eduardo Giannetti lança “Trópicos Utópicos”

Eduardo Giannetti* lança, no dia 27 de junho, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo, “Trópicos Utópicos”.

O texto de apresentação do livro é de Caetano Veloso:

“Este é um dos mais belos livros escritos sobre o Brasil que já li. E nem é propriamente um livro sobre o Brasil. Os aforismos (ou, como prefere o autor, as seções) de que ele se compõe exibem uma mente clara usando com carinho a língua para dar conta do estar no mundo neste começo de século. O Brasil surge nesse cenário amplo. Os becos sem saída criados pela espécie humana são encarados com coragem: religião, economia, superpopulação, vida do planeta. E a responsabilidade do Brasil perante a oportunidade que representa sua condição peculiar é reconhecida com sensato realismo. Nenhum outro tom seria mais contundente. Giannetti, cujos livros, desde Vícios privados, benefícios públicos? (em que a ênfase cai sobre a interrogação), os brasileiros politizados deveriam ler antes de qualificá-lo como pertencente à malta “neoliberal”, chega aqui ao ápice de seu pensamento, um pensamento pacientemente desenvolvido. É uma redescoberta do Brasil que aguça a cabeça e comove o coração.”

convite_giannetti *o economista é um dos fundadores do Instituto Arapyaú

COMENTÁRIOS

  1. Uraci Simões Ramos

    Já estava lendo o livro do Giannetti com muito prazer e encantamento. E já recomendando para vários amigos e para meus filhos e sobrinhos: é uma mania minha antiga. Simplesmente fantástico. Aí quando vi a contracapa foi que descobri o texto de Caetano: fantástico como tudo que Caetano produz. Que bom alimento para o espírito e para nosso “instinto amoroso” como dizia Shilling ou romântico em Izaiha Berlin
    .”””

    Responder

Postar Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>